sexta-feira, 11 de maio de 2007

De tanto pisar no acelerador da vida...



Com ilustração de João Lin

Aqui na escola, sentado, busco alguma inspiração para uma crônica decente.

Aldemir Félix, o "Suco", arruma os livros de nossa biblioteca, separando romances, poesias, livros-reportagem etc. Faz o trabalho silenciosamente. Outros alunos querem ajudar, ele não deixa. Cuidar de livros é mesmo algo meio solitário, uma psicanálise com cada volume.

Lá pelas tantas, ele, o Suco, solta essa frase:

"De tanto pisar no acelerador da vida, acabei arrombando o motor".

Fico com essa. Certas frases valem mais que uma crônica.

Vou aqui, em busca do meu passo de tartaruga.

4 comentários:

Gabriela disse...

fabuloso!

JULIO VILA NOVA disse...

Samarone, parabéns pela parceria com o João Lin. É dele a capa da excelente banda Azabumba, trabalho primoroso (do som e da imagem). Valeu aí, mago!

Larissa Brainer disse...

a pressa e o imediatismo são o grande drama da maioria das pessoas da minha idade. também já foi o meu.

hoje, sou uma adepta do "passo do elefantinho".

beijos, sama.

Anônimo disse...

Olá! Perfeita a parceria. Os desenhos são lindos. Parabéns!

Boa semana.

Abraços