segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Informações inúteis

Por falta de acesso à Internet, em Cuba, este Blog continua na moita, à espera de uma chance de atualização.

O autor, em suas andanças por Havana e Camaguey, já passou por várias experiências humanas, como o velho e tradicional banho de cuia, dois jogos de beisebol no Latinoamericano (informo que ele já entende 12% sobre beisebol), conversas com os mais diferentes cubanos, de todas as idades, viagens de trem e ônibus, hospedagem e expulsão de universidade, tentativa de assalto (vítima, não autor), essas coisas.

Ele vem escapando bem, e enchendo seus caderninhos de anotação. O que preocupa o autor é a falta da caneta Bic preta, porque agora já tem cinco, as outras dez foram gastas. Pra variar, tem esquecido de tirar fotos.

Bem, a quem costuma acessar o Blog, digamos que o autor saiu por uns dias, e está demorando a voltar.

Hasta luego, companeros!
Samarone, desde Habana, Cuba

5 comentários:

Diadorim disse...

A ansiedade pelas atualizações é sempre grande, mas a certeza da recompensa que virá depois aplaca um pouco essa agonia!

Economiza nas canetas agora! abrevia, dispensa os sinais gráficos. rsrsrsrs
só n deixa de anotar!

cuidate!

hasta!

Sirley disse...

Hasta luego, Sama!

Anônimo disse...

Volta logo, homem! Esperando voce para tomar cerveja gelada, no bar de sempre, aquele dos educadores, lembra? Carnaval chegando......
Beijos saudosos,
Beth

CresceNet disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.

PESTE disse...

Hasta luego,Sama, hasta luego!!

Ontem eu fui almoçar no bar da tia, no Recife antigo, voçe se lembra ? aquele boteco, aonde iamos sempre depois de um belo dia de aula. Bem ela perguntou por voçe, e eu disse que voçe estava longe, falei que quando voçe voltasse, nós iremos lá, para matar a saudade. Ao ler seu blog, sobre a longa viagem Cuba, fico pensando, cá com os meus botões, " isso, é que é saber viver pelo mundo".

Um abraço, espero que voçe volte o mais breve possivel.

Obs: A minha irmão perguntou pelo seu cabelo, como anda a juba...