quinta-feira, 22 de março de 2007

Anotações finais no Planalto Central

De Taguatinga-DF

Pequenas anotações aleatórias ao final do périplo por Brasília, Taguatinga e adjacências:

*O Governo do do Distrito Federal gastava R$ 120 milhões por mês com gasolina, outros tantos milhões com carros alugados. O novo governador cortou esse gasto e pagou os salários atrasados e décimo terceiro dos professores.

*Em Taguatinga, você coloca o pé na pista, e os carros vão parando, quase como um freio automático ligado no seu pé de pedestre. É uma emoção profunda, para quem é recifense, e só consegue atravessar uma avenida com a ajuda de um semáforo ou algum guarda. Vejam a ironia: quase fui atropelado no estacionamento de um shopping.

*Um amigo disse que a comida típica de Brasília é o pastel da rodoviária.

*Há quatro semanas, em um shopping do Distrito Federal, teve um "campeonato de arremesso de chinelas", no terraço de um shopping. Não sei o nome do vencedor, estou tentando localizar no Google, colocando as palavras "chinelas+arremesso+Brasília". Aguardemos.

*Sou informado que anualmente a cidade organiza uma "Corrida de bonecos Gigantes". Para minha felicidade, fui informado que "O Homem da Meia Noite" ganhou o tri-campeonato. Dá-lhe Olinda!

*Um amigo dá aulas em um curso para jornalistas que vão concorrer a uma vaga na Câmara. São duas aulas semanais. Salário: R$ 6 mil.

*Irênio Alves Ramos, de 25 anos, foi preso na tarde do dia 20 de março, enquanto assistia a uma audiência pública no Congresso Nacional sobre "milho transgênico". Era procurado desde 2005 por roubo, e condenado a seis anos e meio de prisão. Além dele, outras nove pessoas que repondem a algum tipo de inquérito, estavam na audiência.

*A cidade dos concursos tem um jornal só com os concursos do mês. Dei uma olhadinha. Há vagas para o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) para programador e técnico admnistrativo. Salários de R$ 3,5 mil e 2,5 mil.

*Uma amiga de um amigo meu paga R$ 3 mil por mês em uma Universidade.

*O ingresso para o show da Marisa Monte custou R$ 200,00.

*No jornal "Aqui", fiquei sabendo que a primeira ambulância foi projetada em 1792 pelo barão Dominique Jean Larrey, médico de Napoleão Bonaparte. Foi criada para retirar os soldados do campo de batalha, sem aumentar seus ferimentos. Deve ter nascido aí o SAMU.

*Há algo maravilhoso em Brasília: os flamboyants que surgem do nada, e enchem os olhos de beleza.

*Bem, vou tratar de arrumar a mochila. Chega de vagabundagem.

11 comentários:

Juli disse...

A última vez que fui a Brasília, visitei alguém que usava tênis dentro da própria casa. Depois disso, nunca mais quis voltar lá.

Anônimo disse...

vagabundagem ? que nada !!!
seivivi

Claudia disse...

se o da Marisa Monte foi 200, imagina quanto não seria o show do Chico Buarque que aqui, terra de pé-rapados, custou 160.

fabiana disse...

Sama, venha ver os ipês amarelos que pulam do vermelho da terra no mês de agosto!
E ouvir cigarras ensurdecerem a gente quando a chuva começa, lá pra setembro...
venha sempre, tem coisas esquisitas acontecendo todo mês aqui no Cerrado!´
Ah, no DF, tem mais carro que gente e mais celular que gente!

Daniela Carvalho disse...

É, como disse a colega aí em cima: no "Cerrado" acontece muita coisa esquisita mesmo. Principalmente no congresso nacional!

Gostei das informações, Samarone.
Abraços!

Gabriela Leite disse...

Oi Sama,
dá uma olhada e depois me fala do que achou.
pedranomar@bolgspot.com

Amadeus Orleans P. C. de Paula disse...

Olá!
Gostei muito do conteúdo e do estilo do seu blog. Acabo de criar um e gostaria de trocar os links, nos blogs. O que você acha?
Mais uma vez, Parabéns!

Joaquim Alves disse...

Olá Sama,

Você não mencionou, mas vale destacar que para solteiros à procura de diversão garantida, com bares, restaurantes e boates da moda, existe o antigo e sempre renovado shopping da diversão, Gilberto Salomão. Pelo menos era no tempo em que eu visitava a cidade.

Visite o meu blog, onde existe um link ligando ao seu Estuário. É só clicar no meu nome acima.

Boa viagem de volta ao Cabo.

Joaquim Alves

Samarone Lima disse...

Joaquim e Amadeus, vou olhar o blog sim, mas terei que pedir ajuda para fazer links, porque sou meio burrão.
Fiquemos em contato.
Abraços,
Samarone.

Maíra disse...

O mais fantástico de ler suas linhas sobre Brasília é perceber q não sobrou espaço pra falar das mazelas políticas q rolam por aqui.
Graças!
Muita gente acha Brasília estranha, mas esses boatos não passam de folclore. Cheguei aqui morrendo de medo. Hj, fico revoltada qdo falam q esta é uma terra de marajás.
Brasília tem gente e tem vida e tem povo. Não somente no plano piloto. Não são somente 16 quadras na Asa Sul e mais 16 quadras na Asa Norte.
Vou dizer... às vezes pesa muito morar na cidade mais odiada do Brasil...
Mas vale pelos flamboyants, pelas cigarras, pelo céu mais incrível q já vi!

Anônimo disse...

To vendo q vc vem pra brasilia e nem faz as visitas oficiais... Temos que ler o seu blog pra saber q vc estive aqui!!! Na verdade o disfraçado de jornalista do plano piloto já me tinha avisado.. Mais mesmo assim...
Grande bjo
constance