segunda-feira, 12 de março de 2007

Cuidado com a lua minguante, amigos

Ando seriamente preocupado com as questões mitológicas e da existência, passando por questões do crescimento pessoal, desenvolvimento interior, essas coisas. Acabei de reparar que aos cinco minutos de hoje, entramos na lua minguante. A informação me chegou pelo site www.gaiastral.com.br. Espero que a turma por lá não esquente com a gente, mas gaia, no Recife, tem um significado bem menos nobre, mas são coisas da cultura, como dizem os sociólogos e antropólogos os mais conceituados. Não vou falar aqui o significado, para não pegar mal.

Mas, voltando ao assunto, a lua se encontra, hoje, a 90º em relação ao sol, “formando uma quadratura”, que não entendi direito. Não entendi direito nem a quadratura, nem a questão dos noventa graus, aceito explicações. Vou consultar minha astróloga predileta, a Cacá Travassos. A próxima fase da lua, informa o site, será a nova. Aguardemos.

Segundo os astrólogos, nesses sete dias (contando com hoje) tudo estará favorecido para o planejamento de atividades e empreendimentos, conclusão de trabalhos inacabados, solução criativa de problemas ligados ao passado, relacionamento com jovens, adolescentes e crianças. O período é bom também para o início de tratamento da saúde. Vamos lá, pessoal, terminar a dissertação do mestrado, aquele relatório chatíssimo, fazer as pazes com o tio, a prima, bater um papo com o filho adolescente, tomar os remédios na hora certa.

Coisas muito boas para fazer na lua minguante: cirurgias, dietas de emagrecimento (lógico, né, Pedro Bó), cortar despesas, cortar o cabelo (para conservar o corte), encerrar dívidas e pendências, tarefas inacabadas, arrumação de papéis, depilação (e limpeza de pele), iniciar eventos que exijam estudos e concentração, parar com hábitos e vícios, resolver assuntos do passado, iniciar tratamentos de desintoxicação. Apesar de não ter muita experiência no assunto, vai a sugestão: nada de mais de uma cirurgia nesses sete dias, para não forçar o organismo.

Como minha consultoria é completa, aproveitei para olhar o que devemos evitar neste período. Tome nota: você deve evitar atividades que requeiram divulgação, abrir negócios, fazer lançamentos e exposições, bem como começar qualquer atividade que requeira crescimento ou extroversão. Ou seja, é melhor ficar em casa mesmo, numa rede, repetindo "passa logo, lua minguante, passa logo".

Esse último item (o da extroversão) eu não entendi. Quer dizer que na lua minguante a criatura não pode crescer? E como vai ficar a vida dos extrovertidos?

Decidi dar uma olhadinha de raspão no meu signo.

Touro: “Nada de ficar desanimado, Touro. O momento exige toda sua atenção e ânimo. Mesmo que se sinta somente conduzido pelo destino e levado por tudo e todos, saiba que há pessoas que contam com sua força e determinação”.

A dica veio do senhor Robson Papaleo, que deve ser astrólogo.

Segundo o site, “é difícil fazer um Touro sair do sério, mas se você insistir, e conseguir, é melhor correr. Quando o Touro fica bravo ele fica muito bravo”.

Nessa parte eu concordei integralmente.

5 comentários:

Samarone Lima disse...

Não deixem de ler o blog da naire: www.turbantedanaire.blogspot.com
saudações minguantes,
samarone

Mary disse...

A lua, sendo minguante, nova, crescente ou cheia é sempre deslumbrante!!! Mas nada como a lua cheia pra fazer sonhar... A propósito, ela estava linda, majestosa no céu, no dia em que cheguei aqui, no Redife!!! Mesmo com a saudade dos meus queridos já machucando o coração, a lua me emocionou...

Mack disse...

Claro que depois de tantas considerações astrólógicas sobre Touro fui dar uma olhadinha no bendito site da "gaia". E num é que esses danados acertam uma coisinha ou outra? Gostei de ter vindo aqui hoje! (pra variar...)

Cheiros saudosos de uma leonina!

Anônimo disse...

Sama, vou ver como anda a minhas indicações astrológicas antes de finalizar a tese. Gostei do texto. Um abraço do mano PH

Anônimo disse...

Sama, vou ver como andam as minhas indicações astrológicas antes de finalizar a tese. Gostei do texto. Um abraço do mano PH